quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Ser humano estranho

Passei por frente de uma residência e fiquei confuso de ver como os espécimes  humanos têm sofrido mutação não só de comportamento,  mas física também.

Uma família inteira dizia ter:

1. Coração de boi;
2. Carne moída;
3. Ossada de boi;
4. Pé de porco;
5. Fígado de galinha.

É de dar dó.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

UM CONVITE AO PESSOAL QUE GOSTA DE BANDIDOS DA PLATÉIA DA FÁTIMA BERNARDES

É que acho que vocês que disseram que se vissem um policial ferido e um bandido ferido salvariam o bandido, queria convidar vocês para uma visitinha rápida ali no Espírito Santo.

Lá os bandidos estão correndo sérios riscos de serem feridos ou importunados por gente séria armada e, nesse caso, se eles, os bandidos se ferirem vocês poderiam salvar o amigo bandido que está saqueando lojas e impondo toque de recolher em pleno dia.

Já foram 62 mortes em um final de semana, e, quero informar, que nenhuma foi pela polícia,  mas também não foi pelos bandidos já que pra vocês bandido tem que ser socorrido , foi o acaso, ou foi a arma sozinha.

Queria também plateia inteligente que vocês convidassem os técnicos da ONU que sugeriram o fim da Polícia Militar porque eu acho que vocês todos concluirão que é muito bom socorrer bandido e abandonar o trabalhador que expõe diariamente sua vida ao perigo para defender a nossa, o policial mal pago e mal aparelhado.

Por favor,  não me decepcionem. Atendam a meu apelo.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

SOBRE ANIMAIS DE GRANDES PORTES E OS BURROS

A relação dos humanos com os animais acho-a muito estranha. Quanto menor o animal menos apreço temos pela vida dele.
Por exemplo.  Quando os testes para comprovar a eficiência de um medicamento é realizado em cães ou macacos há grandes protestos,  porém,  se feitos em ratos,  não se ouve um pio, afinal,  rato é um bicho tão pequeno.
Na China como - se de tudo. Escorpião,  formiga,  grilo, lesma. Mas quando lá pelas bandas da China cachorro vem pro prato isso é tido por agressão à raça.  Eu não quero entrar no mérito se se deve comer ou não cão. Gosto é gosto e cada um que tenha o seu.
Acho que é  para o chinês ou é para o japonês para quem comer baleia é uma iguaria dos deuses,  só que os protestos são tão aguerridos como o são os deuses como o são os deuses gregos. Envolve entidade internacional e batalhas que mais parecem início de guerra mundial.
Mas com a morte das galinhas, dos patos, dos perus, da ovelha ninguém se importa; acho que a única excessão a animal de grande porte que fazemos é a vaca e o boi. Não vejo ninguém se opondo à morte desses.
Rinocerontes,  elefantes,  leões,  girafas, orangotangos por serem grandes têm tratamento privilegiado.
O Burro é um animal de médio porte. E eu acho que por ser assim,  nem grande nem pequeno, temos deixado ele fazer muitos estragos principalmente no mundo político.
Eles têm assumido lugar de destaque nas casas legislativas e executivas e são levados até lá via eleição. Vejam que chique estão os Burros !
Mas algo só é bom quando não vira praga. É preciso prestar mais atenção a ascensão dos Burros aos lugares de comando; não é porque Luiz Gonzaga o rei do baião disse que o jumento é nosso irmão que vamos deixá - los comer o  pasto verde  e empestear tudo com fezes e urina, não é? 
Os Burros devem ser montados e não montar.

SOBRE ANIMAIS DE GRANDES PORTES E OS BURROS

A relação dos humanos com os animais acho-a muito estranha. Quanto menor o animal menos apreço temos pela vida dele.

Por exemplo.  Quando os testes para comprovar a eficiência de um medicamento é realizado em cães ou macacos há grandes protestos,  porém,  se feitos em ratos,  não se ouve um pio, afinal,  rato é um bicho tão pequeno.

Na China como - se de tudo. Escorpião,  formiga,  grilo, lesma. Mas quando lá pelas bandas da China cachorro vem pro prato isso é tido por agressão à raça.  Eu não quero entrar no mérito se se deve comer ou não cão. Gosto é gosto e cada um que tenha o seu.

Acho que é  para o chinês ou é para o japonês para quem comer baleia é uma iguaria dos deuses,  só que os protestos são tão aguerridos como o são os deuses. Envolve entidade internacional e batalhas que mais parecem início de guerra mundial.

Mas com a morte das galinhas, dos patos, dos perus, da ovelha ninguém se importa; acho que a única excessão a animal de grande porte que fazemos é a vaca e o boi. Não vejo ninguém se opondo à morte desses.

Rinocerontes,  elefantes,  leões,  girafas, orangotangos por serem grandes têm tratamento privilegiado.

O Burro é um animal de médio porte. E eu acho que por ser assim,  nem grande nem pequeno, temos deixado ele fazer muitos estragos principalmente no mundo político.

Eles têm assumido lugar de destaque nas casas legislativas e executivas e são levados até lá via eleição. Vejam que chique estão os Burros !

Mas algo só é bom quando não vira praga. É preciso prestar mais atenção a ascensão dos Burros aos lugares de comando; não é porque Luiz Gonzaga o rei do baião disse que o jumento é nosso irmão que vamos deixá - los comer o  pasto verde  e empestear tudo com fezes e urina, não é? 

Os Burros devem ser montados e não montar.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

SOBRE CÃES E HOMENS

Ultimamente dei para prestar atenção ao reino animal. Escrevi um poema simpático para os sapos. Um para os burros e, sem saber se mosca pode ser considerada animal, escrevi várias crônicas para estas.

Minha mente agora tem se voltado para os cães.  Precisamente para a verossimilhanca entre homens e cães a começar pelos nomes que os cães têm recebido.

Agora a pouco vi na TV que os nomes dos cães de uma artista teen era Waldemar e JJ. como ela eles são todos enfeitadinhos.

Mas a verossimilhanca não para nos nomes. 

Alguns têm cortado a cabeça uns dos outros para resolver o problema de superlotação nos presídios igualzinho a outros que na rua disputam uma única fêmea se rasgando e rosnando uns para os outros.

Outros famintos levam até a merenda das criancinhas nas escolas.

Uns e outros de tanto ouvirem o som ensurdecedor de outros baixam a cabeça e andam tristes, cabisbaixos,  mofinos pro procurando onde enfiar o nariz.

Outros, politizados, comem mais do que podem mas nunca se fartam.

Por fim temos os da galera que vivem em busca de salvadores da pátria de tanto ter o som que sai de suas gargantas sufocado.

Está tudo uma cachorrada.