quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Uma crônica tão curta quanto a duração do emprego do brasileiro

Quando foi obrigada a deixar o governo (obrigada sim, pois doutra maneira não largaria o osso), a Presidenta mantinha cativos 11.000.000 de brasileiros no desemprego. O atual Presidente já conseguiu a façanha de manter o número da Presidenta e ainda aumentou em 3.000.000 o número de cativos desesperançados, chegando a catorze milhões ou quatorze milhões. A gente fica tão confuso que já nem sabe qual grafia aplicar, se catorze ou quatorze. Ora, se eram tão iguais assim, porque não continuaram juntos?

Nenhum comentário: